UM SONHO DE CONSUMO: AS QUERIDINHAS COLMEIAS

16 setembro 2019

Texto escrito por Cris Sanches – Associada do Organizada

Publicado por – Organizada Oficial – Flávia Ferrari

Sejam elas pequenas, médias, grandes, de plástico flexível ou polipropileno, de algodão cru, organza, TNT ou teladas, elas nunca podem faltar nas nossas organizações residenciais, já que seu uso é tão diversificado, podendo ser utilizadas desde os armários de closet até gavetas e prateleiras das cozinhas, despensas e lavanderias para criar sub nichos que facilitam muito a organização e a visualização dos itens.

AS COLMEIAS SÃO, DEFINITIVAMENTE, AS NOSSAS QUERIDINHAS!!! O que seria de nós, Personal Organizers, das nossas clientes e das nossas organizações, se não fossem elas!!

E hoje em dia, não é difícil encontrar esse tipo de organizador em lojas que vendem de tudo, até grandes hipermercados e lojas online, mas o que você deve ficar atenta ao adquirir esse tipo de produto organizador, em minha opinião, é o tipo de acabamento.

O ACABAMENTO é, hoje, o fator principal que consideramos na hora de escolher uma colmeia entre as diversas marcas do mercado. As colmeias precisam ser firmes o suficiente para cumprir a função de deixar as gavetas e prateleiras estruturadas, para acomodar as roupas e tornar o manuseio das peças mais funcional, já que muitas de nós, usuárias desse sonho de consumo, não temos tempo hábil para fazer as tais dobras perfeitas no nosso dia a dia e esses organizadores acabam virando um vício quando percebemos o quanto eles podem mudar a nossa rotina diária, principalmente nas gavetas dos nossos maridos e filhos!

O uso mais tradicional desses organizadores é organizar calcinhas, cuecas, sutiãs, meias, meias-calças, cintos, gravatas, camisetas, roupas infantis e de bebês, lenços, echarpes, roupas de academia, como as leggings, aquelas blusas com tecidos mais finos, shorts, pijamas, panos de prato e até chinelos e rasteirinhas.

Mas, se engana quem pensa que colmeia só pode ser utilizada nos armários dos closets e guarda-roupas. Quando você consegue entender como funciona a sua rotina e a da sua família, você consegue utilizar a criatividade para pensar fora da caixinha e muito rapidamente, você começa a adaptar esses organizadores para as suas mais diversas necessidades.

O importante é procurar uma condição de uso desse organizador para que ele te ajude no seu diaa dia. Chega de deixar as roupas amassadas dentro da gaveta, mas chega, também, de deixar os saquinhos de temperos e gelatinas todos jogados e espalhados pela despensa, as correspondências jogadas na mesa da sala de jantar, os óculos do maridão acomodados em diversas gavetas do quarto, os brinquedos das crianças espalhados pela casa… Use as colmeias, coleguinha e depois me conta se elas são ou não um dos nossos sonhos de consumo! Eu não vivo sem!!

Veja Também

Não há postagens relacionadas